Senzala Euskadi, Grupo de Cultura y Capoeira

Kultura eta Capoeira // Cultura y Capoeira

Capoeira abesti eta musika gehiago

Canciones de capoeira, maculele, puxada de rede,… que utiliza Senzala Euskadi en sus clases
Senzala Euskadik bere ikastaroetan erabiltzen dituen capoeira, maculele, puxada de rede,… kantak

Noite da Saudade

Posted by admin On May - 30 - 2011Comments Off

Capoeira Abestiak: abendua 2009

Posted by admin On December - 2 - 20091 COMMENT

Dagoeneko webgunean daude azaroan ikasi beharreko abestiak. Maila bakoitzarik abesti batzuk egokitu zaizkio. Animo!

GERRIKO GABE EDO GERRIKO TXURIA:

Abestiaren koroak bakarrik

Dona Maria Como Vai Você
E vai você, e vai você.
Dona maria, como vai você?
Como vai você como vai você
Dona maria, como vai você?
Joga bonito que eu quero ver
Dona maria, como vai você?
E como vai como passou
Dona maria, como vai você?
E vai você, e vai você.
Dona maria, como vai você?
O joga bonito que eu quero aprender.

Eu sou angoleiro
Eu sou angoleiro
angoleiro é o que eu sou
eu sou angoleiro
angoleiro de valor
eu sou angoleiro
angoleiro salvador
eu sou angoleiro
angoleiro sim senhor
eu sou angoleiro
meu mestre me ensinou
eu sou angoleiro

Gunga é meu
Gunga é meu, gunga é meu
Gunga é meu, é meu, é meu
Gunga É Meu, Gunga É Meu
Gunga é meu, foi pai quem me deu
Gunga É Meu, Gunga É Meu
Gunga é meu, eu não dou a ninguém
Gunga É Meu, Gunga É Meu

Jogo de Dentro Jogo De Fora
Jogo de dentro, jogo de fora
Joga bonito no jogo de Angola
Jogo de dentro, jogo de fora
Valha me Deus, minha Nossa
Senhora
Jogo de dentro, jogo de fora

La Vai Viola
O lê lê la vai viola
Tim, Tim, Tim, la vai viola
O viola meu bem viola
Tim, Tim, Tim, la vai viola
Jogo o bonito no jogo de angola
Tim, Tim, Tim, la vai viola
Jogo de dentro e jogo de fora
Tim, Tim, Tim, la vai viola

GERRIKO HORIA:

Gerriko txurien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.

Eu tenho que ir me embora
Eu tenho que ir-me embora
eu não posso demorar
A maré tá cheia,
eu não posso navegar
Eu Tenho Que Ir-Me Embora
Eu Não Posso Demorar
A maré tá cheia,
eu não posso navegar
Eu Tenho Que Ir-Me Embora
Eu Não Posso Demorar
Eu não posso demorar
eu não posso navegar
Eu Tenho Que Ir-Me Embora
Eu Não Posso Demorar

GERRIKO LARANJA:

Gerriko horien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hauek.

Leva morena me leva
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo
Leva morena me leva
Eu sou Capoeira já disse que sou
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo
Leva morena me leva
O hoje faz frio, amanhã faz calor
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo
Leva morena me leva
Me leva pro baixo do seu cobertor
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo
Leva morena me leva
Hoje sou pobre, amanhã sou doutor
Leva morena me leva
Me leva pro seu bangalo

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô#

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é de ioiô

Caiu na água e se molhou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é do patrão

Caiu no chão e derramou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga não é minha

É prá filha de ioiô…

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

Vou mandar eu vou

Cajuê*

Eu mandar Boiá

Cajuê

Ô menina linda

Cajuê

Venha me buscar

Cajuê

Camungerê como vai como tá

Camungerê

Ô como vai vos micê?

Camungerê

Se vai bem de saude

Camungerê

Para mim é um prazer

Camungerê

Vim aqui pra lhe ver

Camungerê

O rala côco

catarina

Fazer cocada*

Catarina

O rala côco

Catarina

Não quebra nada

Catarina

Rala pra que

Catarina

Rala e vender

Catarina

Rala côco, rala côco,

rala côco meu sinho

Rala côco, rala côco, rala côco

meu sinho

Eu pisei na folha seca

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

Capoeira abestiak: 2009 azaroa

Posted by admin On November - 8 - 2009Comments Off

Dagoeneko webgunean daude azaroan ikasi beharreko abestiak. Maila bakoitzarik abesti batzuk egokitu zaizkio. Animo!

GERRIKO GABE EDO GERRIKO TXURIA:

Abestiaren koroak bakarrik

BAHIA AXÉ

Que bom
Estar com vocês
Aqui nesta roda
Com este conjunto
Bahia axé, axé Bahia
Bahia axé, axé Bahia
Io ioioioioo
Ioioioo
Ioioioo
Io ioioioioo
Ioioioo
Ioioioo
O vento
Que venta tão lindo
Entre os coqueirais
Isso é demais
Io ioioioioo
Ioioioo
Ioioioo
Io ioioioioo
Ioioioo
Ioioioo
Bahia axé, axé Bahia
Bahia axé, axé Bahia

CAPOEIRA E DEFESA, ATAQUE

É defesa, ataque
A ginga de corpo
E a malandragem
Capoeira
É defesa, ataque
A ginga de corpo
e a malandragem
O maculelê
É dança do pau
Na roda de capoeira
È no toque do berimbau
Capoeira
É defesa, ataque…
A ginga de corpo
e a malandragem

CAPOEIRA É DA NOSSA COR

au ê au ê au ê ê
E Lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô
au ê au ê au ê ê
E Lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô
tá no sangue da raça brasileira
Capoeira
é da nossa cor
berimbau
é da nossa cor
atabaque
é da nossa cor
o pandeiro
é da nossa cor
au ê au ê au ê ê
E Lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô
au ê au ê au ê ê
E Lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô

CHORA VIOLA

E chora viola, chora,
Chora viola.
Chora
Chora viola.
Chora
Chora viola.
Chora
Chora viola.
Chora
Chora viola.
Chora

COBRA VERDE

Cobra Verde
Eu pisei na cobra verde
Cobra verde é um bom sinal
É um bom sinal um bom sinal
Cobra verde é um bom sinal

DEVAGAR, DEVAGAR

Devagar, devagar
Devagar, devagarinho
Devagar, devagar
Cuidado com o seu pezinho
Devagar, devagar
Capoeira de angola é devagar
Devagar, devagar
Esse jogo é devagar
Devagar, devagar
Eu falei devagar, devagarinho
Devagar, devagar
Esse jogo bonito é devagar
Devagar, devagar
Falei devagar, falei devagar
Devagar, devagar

GERRIKO HORIA:

Gerriko txurien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.

E’ DE MANHÃ, IDALINA TÀ ME
CHAMANDO

Idalina tem o costume
De chamar e vai andando
E’ de manhã, idalina tà me
chamando
O idalina meu amor
Idalina tà me esperando
E’ de manhã, idalina tà me
chamando
Idalina tem o costume
De mandar e se vai andando
E’ de manhã, idalina tà me
chamando
Idalina tem o costume
Danado de falar de homem
E’ de manhã, idalina tà me
chamando
Idalina meu amor
Idalina tà me esperando
E’ de manhã, idalina tà me
Chamando

GERRIKO LARANJA:

Gerriko horien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hauek.

É COM O PÉ QUE SE BATE

Quem nunca jogou capoeira,
Ainda não sabe o que é bom,
É cultura brasileira,
Ensina o folclore,
E é luta da gente,
Quando se escuta o pandeiro,
Rimando com o atabaque,
O berimbau vem dizendo,
Não é com a mão,
É com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate

DONA ALICE

ê dona alice
não me pegue não
não me pegue,
não me agarre,
não me pegue a mão.
Ê dona alice
não me pegue não
não me pegue,
não me agarre,
não me pegue a mão
Ê dona alice
não me pegue não

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô#

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é de ioiô

Caiu na água e se molhou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é do patrão

Caiu no chão e derramou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga não é minha

É prá filha de ioiô…

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

Vou mandar eu vou

Cajuê*

Eu mandar Boiá

Cajuê

Ô menina linda

Cajuê

Venha me buscar

Cajuê

Camungerê como vai como tá

Camungerê

Ô como vai vos micê?

Camungerê

Se vai bem de saude

Camungerê

Para mim é um prazer

Camungerê

Vim aqui pra lhe ver

Camungerê

O rala côco

catarina

Fazer cocada*

Catarina

O rala côco

Catarina

Não quebra nada

Catarina

Rala pra que

Catarina

Rala e vender

Catarina

Rala côco, rala côco,

rala côco meu sinho

Rala côco, rala côco, rala côco

meu sinho

Eu pisei na folha seca

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

Capoeira abestiak: 2009 urria

Posted by admin On October - 2 - 2009Comments Off

Dagoeneko webgunean daude urrian ikasi beharreko abestiak. Maila bakoitzarik abesti batzuk egokitu zaizkio. Animo!

GERRIKO GABE EDO GERRIKO TXURIA:

Abestiaren koroak bakarrik

A hora é essa
A hora é essa
A hora é essa
A hora é essa
Berimbau tocou na capoeira
Berimbau tocou eu vou jogar
Berimbau tocou na capoeira
Berimbau tocou eu vou jogar

Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou
E a manteiga não é minha
E a manteiga é de ioiô
Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou
E a manteiga não é minha
E a manteiga é de ioiô
Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou
A manteiga é de ioiô
Caiu na água e se molhou
Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou
A manteiga é do patrão
Caiu no chão e derramou
Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou
A manteiga não é minha
É prá filha de ioiô…
Vou dizer a meu sinhô
Que a manteiga derramou

O menino é bom
Bate palma pra ele
É bom é bom
Bate palma pra ele
O menino é bom
Bate palma pra ele
É bom é bom
Bate palma pra ele

Vou mandar eu vou
Cajuê
Eu mandar Boiá
Cajuê
Ô menina linda
Cajuê
Venha me buscar
Cajuê

Camungerê como vai como tá
Camungerê
Ô como vai vos micê?
Camungerê
Se vai bem de saude
Camungerê
Para mim é um prazer
Camungerê
Vim aqui pra lhe ver
Camungerê

O rala côco
Catarina
Fazer cocada*
Catarina
O rala côco
Catarina
Não quebra nada
Catarina
Rala pra que
Catarina
Rala e vender
Catarina
Rala côco, rala côco,
rala côco meu sinho
Rala côco, rala côco, rala côco
meu sinho

Eu pisei na folha seca
ouvi fazer chuê chuà
chuê chuê chuê chuà
ouvi fazer chuê chuà
chuê chuê chuê chuà
ouvi fazer chuê chuà

GERRIKO HORIA:

Gerriko txurien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.

canarinho da alemanha
quem matou meu curió
eu jogo capoeira
mestre bimba é o melhor ê
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
na roda da capoeira
quero ver quem é melhor ê
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
eu jogo capoeira
e pastinha é melhor ê
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
eu jogo capoeira
na bahia é Maceio ê
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
eu jogo Capoeira, quero ver quem é
melhor
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
eu jogo capoeira
Caiçara tambem é ê
canarinho da alemanha
quem matou meu curió
Eu jogo capoeira
mas Pastinha é o maior

GERRIKO LARANJA:

Gerriko horien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.
Oi meu mano,
O que foi que tu viu la,
Eu vi Capoeira matando,
Tambem vi maculelê, Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Sou discipulo que aprende,
Sou mestre que da lição,
Na roda de Capoeira,
Nunca dei um golpe em vão,
Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Manuel dos Reis Machado,
Ele é fenômenal,
Ele é o Mestre Bimba,
Criador do Regional, Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Capoeira é luta nossa,
Da era colonial,
Nasceu foi na Bahia,
Angola e Regional, Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador
Capoeira
É jogo praticado na terra de São
Salvador

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

A hora é essa

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Berimbau tocou na capoeira

Berimbau tocou eu vou jogar

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô#

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

E a manteiga não é minha

E a manteiga é de ioiô

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é de ioiô

Caiu na água e se molhou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga é do patrão

Caiu no chão e derramou

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

A manteiga não é minha

É prá filha de ioiô…

Vou dizer a meu sinhô

Que a manteiga derramou

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

O menino é bom

Bate palma pra ele

É bom é bom

Bate palma pra ele

Vou mandar eu vou

Cajuê*

Eu mandar Boiá

Cajuê

Ô menina linda

Cajuê

Venha me buscar

Cajuê

Camungerê como vai como tá

Camungerê

Ô como vai vos micê?

Camungerê

Se vai bem de saude

Camungerê

Para mim é um prazer

Camungerê

Vim aqui pra lhe ver

Camungerê

O rala côco

catarina

Fazer cocada*

Catarina

O rala côco

Catarina

Não quebra nada

Catarina

Rala pra que

Catarina

Rala e vender

Catarina

Rala côco, rala côco,

rala côco meu sinho

Rala côco, rala côco, rala côco

meu sinho

Eu pisei na folha seca

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

chuê chuê chuê chuà

ouvi fazer chuê chuà

Capoeira abestiak: 2009 iraila

Posted by admin On September - 1 - 20091 COMMENT

Musika, erritmoa, abestiak, instrumentuak,… guzti hori da capoeira. Hori dela eta hilabetero abesti berriak gehituko ditugu webgunean gero ikastaro eta rodetan erabiltzeko.

Maila bakoitzarik abesti batzuk egokitu zaizkio. Animo!

GERRIKO GABE  EDO GERRIKO TXURIA:

Abestiaren koroak bakarrik
——
O facão bateu em baixo
A bananeira caiu
O facão bateu em baixo
A bananeira caiu
Cai, cai, cai bananeira
A bananeira caiu
——
Ai ai aide
Joga bonito que eu quero ver
Ai ai aide
Joga bonito que eu quero aprender
——
A canoa virou marinheiro
Oi no fundo do mar tem dinheiro
A canoa virou marinheiro
Oi no fundo do mar tem dinheiro
——
Eu já vou beleza, eu já vou me embora
Eu já vou beleza, eu já vou me embora
Adeus, adeus
Boa viagem
Eu já vou me embora
Boa viagem
Adeus, adeus
Boa viagem
——

Abalou capoeira abalou
Mais se abalou deixa abalar
Abalou capoeira abalou
Mais se abalou deixa abalar
Abalou capoeira abalou
Mais se abalou deixa abalar
——
isa caboclo quero ver você pisar
Pisa lá que eu piso cá
Quero ver você pisar
Pisa caboclo quero ver você pisar
Na batido do meu gunga
Quero ver você pisar
Pisa caboclo quero ver você pisar
Pisa lá que eu piso cá
Quero ver você pisar
Pisa caboclo quero ver você pisar
Na batido do meu gunga
Quero ver você pisar
Pisa caboclo quero ver você pisar

GERRIKO HORIA:

Gerriko txurien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.

Salve o Rio de Janeiro
Lugar bom de se morar
Se o caboclo é mandingueiro
Ele joga ligeiro na beira do mar.
Na beira do mar, na beira do mar,
Vou jogar capoeira na beira do mar.
Na beira do mar, na beira do mar,
Capoeira mandinga na beira do mar.
Na beira do mar, na beira do mar,
E no Rio de Janeiro na beira do mar.
Na beira do mar, na beira do mar,
Capoeir ligera na beira do mar.

GERRIKO LARANJA:

Gerriko horien abesti berdinak baina osorik eta beste abesti hau.
Chora capoeira, capoeira chora, chora capoeira Mestre Bimba foi se embora
Chora capoeira, capoeira chora, chora capoeira Mestre Bimba foi se embora
Mestre Bimba foi se embora, por favor tire o chapéu,
Mas não vai chorar agora, Mestre Bimba foi pro céu
Chora capoeira, capoeira chora, chora capoeira Mestre Bimba foi se embora
Mestre Bimba foi se embora, mais deixou jogo bonito
Ele ta jogando agora numa roda no infinito
Chora capoeira, capoeira chora, chora capoeira Mestre Bimba foi se embora
Mestre Bimba foi se embora, não tem desculpa nem mistério
Berimbau tocou sereno na porta do cemitério
Chora capoeira, capoeira chora, chora capoeira Mestre Bimba foi se embora